Pertencimento

(07 de setembro de 2015) Nesse feriado, fomos todos para Macaparana-PE, minha cidade natal, distante 120 km de Recife. Cidade de uma beleza que emerge da nostalgia, do pertencimento, do postar-se à mesa, sempre farta e bem ocupada, e comer uma canjica com café, uma cocada olhando a caramboleira. Quando dobro para a esquerda, saio da br408 e adentro na pe089, logo após a cidade de Timbaúba (foto a seguir), sinto que cheguei. Cheguei onde o tempo não corre, anda.

macaparana-entrada.jpg

Cidade simples, com ares de tranquilidade e, quase sempre, verde, como mostra a foto a seguir tirada dos fundos da casa de vovó.

vista-da-casa-de-vovo

São muitas as lembranças, sejam elas simples ou complexas, nítidas ou translúcidas. Tão simples como um dispositivo, normalmente feito de madeira, que serve tanto para escancarar quanto para delimitar: a tramela. De tantas lembranças, enxergo esse tipo de fechadura com nitidez dos tempos da minha infância. Lembro das tramelas acopladas às portas de duas partes (uma superior e outra inferior) que definem muito bem as moradias do interior do interior. Porta nem aberta nem fechada, comumente escancarada na sua parte superior e tramelada na parte inferior; servindo às novidades, de fora para dentro, e a visão do firmamento, de dentro para fora.

Seguimos “tramelando” caminhos bifurcados, criando passagens secretas ou públicas entre pontos desencontrados. Algumas passagens são tão pacificadoras como contemplar o silêncio, outras tão ricas quanto subir numa árvore pela primeira vez. Mesmo que não seja em busca de frutas. Desde que seja na frente da casa da bisavó, ou da avó, como fiz tantas vezes no “pé-de-figo” na frente da casa central do “sítio cajá”.

heitor-arvore

Mais do mesmo, e mesmo assim fundamental, é perceber que o significado dos eventos que vivemos, a importância desses eventos, é função não apenas do evento, mas, principalmente, de quem os vive e com quem esses eventos são compartilhados. Por isso é tão pessoal.  Por isso é tão especial.

2 ideias sobre “Pertencimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s